"Quem és tu que me lês? És o meu segredo ou serei o teu?"
Clarice Lispector



domingo, 29 de janeiro de 2012

AQUI NO MEU CANTINHO










Aqui sim, no meu cantinho

vendo rir-me o candeeiro,

gozo o bem de estar sozinho,
e esquecer o mundo inteiro.

N’esta mansa claridade
reamanhece o coração!

Dentro, há paz, serenidade;
raia luz, fala a razão;
refloresce a esp’rança amante;
e um saudoso instinto envida
em nosso ânimo anelante
o grão Ser, o Autor da vida.



(Castilho)





Um comentário: